Hall da Fama – Mariana Bárbara (Modelo)


Musas do Amadorão: Mariana Bárbara é a concorrente da equipe do Roda Viva

O CORREIO de Uberlândia publica o ensaio da sexta concorrente à Musa do Campeonato Amador – Primeira Divisão. O concurso é realizado pela Garra Esporte. Neste domingo (16) a candidata é Mariana Bárbara, representante do Roda Viva. As fotos são de autoria de Ita Mazzutti.

Mariana Bárbara

Bate bola com a musa

Mariana Bárbara

Loira

Nascida em Centralina-MG

Estudante do 3º período de direito

18 anos

Solteira

Altura – 1m64

Peso – 52 kg

Busto – 87 cm

Cintura – 65 cm

Bumbum – 95 cm

Esporte preferido – Natação

Torce para o Flamengo

Um Filme – “Pra Sempre ao seu lado”

Um Cantor – Ana Carolina

Uma música – Pescador de Ilusões (O Rappa)

Uma bebida – Água

Um lugar –  Fazenda em Centralina

O que é mais importante – A família

Está no concurso – “Para ajudar pessoas que mais precisam. Isso renova o ser humano. Além disso quero vencer o concurso”.

Veja o ensaio fotográfico da Musa do Roda Viva

Hall da Fama – Mariana Bárbara (Modelo)

Cruzeiro vence outra em Uberlândia e complica Flamengo na estreia de Silas


Robert comemora com Fabrício gol que deu a vitória ao Cruzeiro sobre o Flamengo

Em seu segundo jogo no Parque do Sabiá, o Cruzeiro voltou a vencer em Uberlândia, que surge como a melhor alternativa ao Mineirão para a equipe celeste mandar seus jogos. Em jogo movimentado, o time mineiro derrotou o Flamengo, por 1 a 0, nesta quarta-feira, com gol do atacante Robert, e assumiu a quinta posição no Campeonato Brasileiro. Na estreia do técnico Silas, o rubro-negro carioca completou quatro rodadas sem vencer na competição e caiu para o 14º lugar.

O time comandado por Cuca já havia vencido o Corinthians, por 1 a 0, no Parque do Sabiá, que é a “quarta casa” do Cruzeiro no Brasileirão. As outras três foram o Mineirão, fechado para ser reformado para a Copa do Mundo de 2014, a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e o Ipatingão, em Ipatinga.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou a 28 pontos e subiu do sexto para o quinto lugar na tabela. Neste momento, o time mineiro tem vaga garantida na Copa Libertadores. Isso porque o Internacional, quarto colocado e atual campeão do torneio continental, já está confirmado na competição na próxima temporada.

Com a derrota, o Flamengo permaneceu com 21 pontos e caiu para a 14ª posição – ainda pode perder mais um lugar. O time carioca chegou a quatro jogos sem vencer no Brasileirão. Anteriormente, havia sido derrotado por Atlético-PR (1 a 0) e Guarani (2 a 1) na rodada passada e empatado com o Atlético-MG por 0 a 0, que marcou a demissão de Rogério Lourenço. A diretoria rubro-negra contratou Silas, que recentemente fora dispensado pelo Grêmio.

Assista ao Jogo

Para que o treinador pudesse comandar a equipe do banco, o Flamengo recorreu ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e obteve efeito suspensivo para punição recebida por Silas quando ainda dirigia o Grêmio.

Na última rodada do primeiro turno do Brasileirão, o Cruzeiro vai enfrentar o Palmeiras, domingo, às 16h, no Pacaembu, em São Paulo. No mesmo dia e horário, o Flamengo recebe o Santos no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O jogo

O primeiro tempo no Parque do Sabiá foi bastante movimentado e marcado por boas chances criadas, principalmente por parte do Cruzeiro, que foi mais eficiente e saiu para o vestiário com a vitória parcial, por 1 a 0, e com oportunidades perdidas.

Pelo levantamento do Datafolha, veiculado pelo Placar UOL, o Cruzeiro finalizou mais e melhor, porém aproveitamento somente uma. Das nove conclusões celestes, sete foram certas. O Flamengo conseguiu finalizar sete vezes, mas apenas duas tiveram a direção do gol.

O time celeste abriu o placar aos 9min. Depois de boa jogada pela direita, Jonathan tocou para Montillo, que cruzou para Thiago Ribeiro finalizar em cima de Correa, que evitou o gol. Na sequência do lance, Fabrício chutou cruzado e, no meio do caminho, Robert empurrou para o gol.

O Cruzeiro manteve o ritmo e criou mais três oportunidades de gol com Montillo. Em duas delas, o argentino finalizou a gol, mas parou no goleiro Marcelo Lomba. Em outra, o meia cruzou para Robert, que errou na hora de concluir a gol.

O Flamengo conseguiu chegar com mais perigo aos 24min, quando Correa recebeu livre na cara de Fábio, mas tocou para fora e desperdiçou boa oportunidade para empatar o jogo. O time carioca voltou a levar perigo aos 36min com Diego Maurício, que bateu forte da entrada da área para a defesa do goleiro cruzeirense.

Aos 41min, Robert desperdiçou outra oportunidade para o Cruzeiro. Antes disso, o zagueiro Cláudio Caçapa sofreu entorse no tornozelo esquerdo e precisou ser atendido. Apesar de reclamar de muito dor no local, o jogador celeste permaneceu em campo.

Caçapa, que foi reavaliado no intervalo da partida, não voltou para o segundo tempo. O experiente zagueiro deu lugar ao estreante Léo, que foi cedido pelo Palmeiras. Aos 13min, o Cruzeiro sofreu outra baixa: o atacante Robert levou a pior em disputa de bola com Juan e foi substituído por Wallyson.

O Flamengo retornou com mais vontade para a segunda etapa e passou a incomodar o goleiro Fábio. Em dois lances, com Renato e Léo Moura, o arqueiro celeste precisou se esforçar para evitar o empate.

O Cruzeiro equilibrou novamente a partida e passou a atacar o adversário com mais freqüência. Aos 28min, o zagueiro Jean cometeu falta em Thiago Ribeiro, que descia em velocidade, e foi expulso pelo árbitro, que sequer havia recebido cartão amarelo.

O time mineiro administrou o resultado e segurou a pressão do Flamengo no final da partida.

Cruzeiro vence outra em Uberlândia e complica Flamengo na estreia de Silas

Contra o Corinthians, em Uberlândia, Cruzeiro teme ‘virar visitante’


Sem poder utilizar o Mineirão, que passa por reformas, o Cruzeiro enfrentará o Corinthians, nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), no Parque do Sabiá, em Uberlândia, onde será mandante também contra Flamengo e Internacional. A ida para o Triângulo Mineiro foi justificada pelos dirigentes celestes pela maior capacidade de público do estádio, porém, agora a equipe teme “ser visitante” dentro de Minas Gerais.

Tradicionalmente, no Triângulo Mineiro, há uma grande influência do futebol paulista e, por isso, o Cruzeiro admite a possibilidade de ter mais torcedores corintianos no Parque do Sabiá nesta quarta-feira. Com a terceira pior campanha como mandante no Campeonato Brasileiro, o time celeste vê, assim, mais um obstáculo para somar pontos em casa.

Jonathan, que volta contra o Corinthians, espera que a torcida seja toda favorável ao Cruzeiro

A diretoria do Cruzeiro promete não intervir na compra de torcedores corintianos, já que seria uma infração ao código de defesa do consumidor. “Os ingressos colocados na bilheteria, quem quiser comprar pode comprar. Existe uma interpretação com relação ao que diz o regulamento. Quando o clube que é mandante solicita a carga que o regulamento permite, ele tem que fazer o pagamento antecipado para receber os ingressos. Agora você não pode impedir que o torcedor visitante vá à bilheteria e compre o seu ingresso. Isso é de direito”, explicou o gerente de futebol, Valdir Barbosa.

O lateral-direito Jonathan lembrou que em outras cidades do interior de Minas há influência também do futebol carioca e contestou a torcida por times de fora do estado. “O torcedor é muito importante, seja em Belo Horizonte ou Uberlândia. É em Minas, né?! A gente sabe que há isso de torcer pelos times de São Paulo, mas eles são mineiros. É igual a algumas pessoas de Juiz de Fora que torcem por Flamengo e Vasco. Mas querendo ou não, Juiz de Fora é dentro de Minas e seria legal que torcessem por um clube mineiro”, comentou.

“Faço um apelo para quem mora em Uberlândia ou ali perto que possa comparecer e nos incentivar, porque esse é o momento que a gente precisa do torcedor para chegarmos ao G4 o mais rápido possível”, acrescentou o lateral-direito, que deve voltar ao time diante do Corinthians, depois de ter sido poupado nas duas últimas rodadas.

Já o volante Marquinhos Paraná espera que os torcedores cruzeirenses compareçam em maior número ao Parque do Sabiá. “Tomara que a nossa torcida compareça, apoie a equipe. A equipe já está há três jogos sem vencer, temos que ter apoio deles. Nós jogadores também temos de nos ajudar dentro de campo, melhorar muito para buscarmos a vitória”, observou. A recepção festiva à delegação celeste, na tarde desta terça-feira, em Uberlândia, deixou animados os jogadores cruzeirenses. “Quando a torcida está do nosso lado as coisas ficam mais fáceis. Sabemos que será um jogo difícil, mas acredito que com apoio da torcida nada melhor do que uma vitória para o time se reerguer”, comentou o atacante Robert.

O Parque do Sabiá será o quarto estádio utilizado pelo Cruzeiro no Brasileirão. Antes da paralisação para a Copa do Mundo da África do Sul, o clube mandou jogos no Mineirão. Depois do início das obras no estádio da Pampulha, o palco escolhido foi a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, a cerca de 70 km da capital mineira.

O gramado da Arena do Jacaré, porém, desagradou os atletas e, portanto, a diretoria decidiu partir para o Ipatingão. No Vale do Aço, o Cruzeiro disputou dois jogos no Campeonato Brasileiro, empatou com Grêmio Prudente e perdeu para o Vitória, sem fazer um gol sequer.

Depois de enfrentar Corinthians, Flamengo e Internacional em Uberlândia, o Cruzeiro ainda não tem definido onde mandará os jogos seguintes do Campeonato Brasileiro. O clube admite retornar a Sete Lagoas, onde estará mais próximo da capital, mas desde que o gramado da Arena do Jacaré seja reformado e o estádio tenha aumentada a capacidade de público.

Contra o Corinthians, em Uberlândia, Cruzeiro teme ‘virar visitante’

Anderson Silva: “Enfrentei muito bobalhões. Sonnen é só mais um”


Por Fernando Z., especial para o Yahoo! Esportes

A máquina do UFC esquentou os motores na coletiva de imprensa realizada na quinta-feira, em Oakland, cidade californiana onde a edição 117 do evento aportou para os desafios de sábado (Canal Combate e Sportv transmitem a partir das 23h). O clima do evento principal da noite – disputa de cinturão dos médios entre o campeão Anderson ‘The Spider’ Silva e o desafiante Chael Sonnen – rendeu o que falar pela verdadeira “metralhadora verbal” repleta de ofensas proposta pelo americano. A primeira pergunta para Silva não poderia deixar de ser a opinião pessoal sobre todo o circo promovido pelo adversário.

“Falar de mim é fácil. Até papagaio treinado fala. O difícil é ser como eu”, respondeu finalmente o Aranha, que até então havia mantido meses de silêncio sobre o caso. “Lutei com muita gente. Alguns respeitaram, outros não. E enfrentei com muitos bobalhões. Sonnen é só mais um deles”, completou.

Na busca por mais declarações quentes, nenhum detalhe passou batido. Até a roupa que Anderson vestia. “Você veio vestido com essa blusa rosa por causa das críticas que Chael (Sonnen) fez sobre suas preferências por roupas extravagantes?”, perguntou um repórter americano. “Não, vim porque gosto e minha mulher também gosta. Ela disse que eu ficaria bonitão com essa roupa ao lado dele. Se ele não gosta de cor de rosa, problema dele”, brincou o Aranha.

Antes do combate, entre muitas ofensas a Silva, Sonnen criticou também o Brasil: ““Ele vem sempre com aquela m… de se curvar para cumprimentar (à moda oriental). Mas isso não é parte da cultura do Brasil. Se você abaixar a cabeça lá, sua carteira é roubada, e o ladrão ainda foge rindo da sua cara”.

Ao ser indagado se tinha se arrependido das críticas exageradas, o americano não arredou o pé. “Não tenho de pedir desculpa de absolutamente nada. Faz quatro anos que espero para bater neste cara, e vou surrá-lo como um animal”, afirmou. “Vocês (jornalistas) podem perguntar sobre o respeito típico das artes marciais e outras bobagens do tipo. Mas isso será luta de verdade. E vou bater de verdade para ter esse cinturão”, concluiu.

O presidente Dana White usou tom diplomático para analisar as cinco batalhas do forte card entre Brasil x EUA, países que detém a supremacia na modalidade. “Não trabalhamos para ser uma disputa entre nações. Elaboramos as lutas do melhor jeito que podíamos, e a lista chegou a isso. O profissionalismo do MMA é bem mais abrangente que disputas estereotipadas. Tenho certeza que muitos americanos torcerão para os brasileiros também. E vice-versa”, afirmou.

Anderson Silva: “Enfrentei muito bobalhões. Sonnen é só mais um”

Jogadores do Santos se desculpam por episódio no Twitter


Madson pede desculpas por episódio na internet

Momentos antes de embarcarem para Salvador, onde disputarão a final da Copa do Brasil contra o Vitória, os jogadores Madson, Zé Eduardo e Felipe, do Santos, voltaram ao Twitter para se desculpar pelo episódio polêmico que protagonizaram na madrugada da segunda-feira, por meio de uma Twitcam, serviço do microblog em que é possível interagir por vídeo com os internautas. Marquinhos também participou da gravação para apoiar os companheiros de time e, ao final da transmissão, de cerca de dez minutos, Robinho apareceu e brincou com o caso: “esses moleques fizeram m…, têm que tomar muita porrada”.

“Quero pedir desculpa para todos, não foi minha intenção”, afirmou Felipe, um dia após ter dito que gastava em ração para o cachorro valor igual ao salário de um torcedor que o chamou de “mão de alface” pelo Twitter.

“Peço desculpas se o torcedor acha que eu o xinguei, mas não foi isso, eu estava brincando com o Marquinhos, que estava atrás do computador. Nunca falaria isso, todos sabem da minha humildade, eu saí da favela”, alegou o goleiro, que foi complementado pelo próprio Marquinhos: “era uma brincadeira entre a gente”.

O atacante Robinho, que conversou por telefone com os jogadores durante o vídeo, alertando sobre possíveis problemas, apareceu apenas no final da transmissão desta segunda-feira, após a insistência do atacante Zé Eduardo, que durante o vídeo polêmico, chegou a dizer para o camisa 7 do Santos que ninguém sentiria sua falta após o jogo contra o Vitória.

“Estou implorando e todos sabem que é mentira (sua animosidade com Robinho). Depois do jogo a gente só queria brincar, sempre tem pessoas querendo levar pelo lado errado. Quem sou eu para falar que o Robinho não vai fazer falta?”, explicou Zé Love, antes de Robinho aparecer rapidamente e brincar: “esses moleques fizeram m…, têm que tomar muita porrada”.

Entenda o caso

Na madrugada desta segunda-feira, Madson, Zé Eduardo, Zezinho, Alan Patrick e Felipe iniciaram uma transmissão pela webcam. Porém, os jogadores começaram a discutir com alguns internautas após uma provocação feita ao goleiro Felipe, que foi chamado por um fã de “mão de alface”. O goleiro reserva do Santos acabou ofendendo o torcedor.

“Aí fera, o que eu gasto com o meu cachorro de ração é o teu salário por mês”, disse Felipe.

Os titulares do Santos, concentrados para a partida contra o Vitória, pela Copa do Brasil, alertaram os jogadores sobre a repercussão do que acontecia. Zé Eduardo e Robinho, inclusive, discutiram, e o atacante reserva disse para o camisa 7 que ninguém ia sentir sua falta quando fosse embora.

Jogadores do Santos se desculpam por episódio no Twitter

Messi monta banda de rock para tocar covers do Oasis


Lionel Messi tocando guitarra. Em uma banda que faz cover do Oasis. E que excursionará por palcos europeus. A história foi divulgada no final de semana passado pelo jornal britânico “The Sun”.

O argentino Messi virou fã do inglês Oasis depois de ser apresentado à banda pelo atacante Tevez, durante as eliminatórias da Copa-2010.

Argentino Messi brinca com golfinho em aquário mexicano.

O atual melhor jogador do mundo já havia convidado informalmente os integrantes da ex-maior banda do mundo (nos anos 1990) a assistir a um clássico entre Barça e Real Madrid.

Agora, ao “Sun”, Messi contou que formou uma banda cover do Oasis e que ele imita Noel Gallagher, o guitarrista. “Nos vestimos como o Oasis nos anos 90. Temos perucas, roupas e óculos.”

Messi contou que o grupo-tiração-de-sarro sairá em uma pequena turnê europeia –e já convidou Noel para assistir a um show.

Noel e seu irmão Liam são dois dos mais fanáticos roqueiros do mundo. Torcem para o Manchester City. Mas o Oasis já não existe mais desde fevereiro deste ano.

Messi monta banda de rock para tocar covers do Oasis

Ao contrário de Dunga, ‘Era Mano Menezes’ aponta ser bem mais tranquila


Uma era mais “light” desponta na seleção brasileira. Após quatro anos sob o comando de um “carrancudo” Dunga, as rédias passam de dono e tempos de paz entre comissão técnica e imprensa já surgem na figura de Mano Menezes. Apesar da aparente seriedade, o novo treinador já deixou transparecer que a relação entre as partes será de respeito e descontração.

“O que aconteceu nas últimas duas Copas servem de lição para a gente. Estamos mais maduros para saber como vamos proceder daqui para frente. Só prezo o respeito, gosto muito de ser respeitado e de respeitar o próximo. Se isso acontecer, não haverá problema”, disse Mano Menezes.

Bem mais calmo do que Dunga, Mano Menezes deve ter bom relacionamento com os jornalistas

Logo em sua primeira entrevista coletiva, ficou clara a diferença de postura das duas partes numa comparação com Dunga. Pelo lado da imprensa, palavras de apoio, risadas e comentários positivos. Mano Menezes, por sua vez, foi calmo em responder as perguntas e uma pequena dose de humor.

“Que beleza. Hoje (segunda-feira) não teve nenhuma confusão e nem brigas. Todo mundo mais calmo por aqui”, salientou.

Ao contrário de Dunga, ‘Era Mano Menezes’ aponta ser bem mais tranquila

Sem acordo com AFA, Maradona deixa a seleção argentina, diz jornal


A novela terminou mal para os torcedores da Argentina. Mesmo com o apoio do povo, Diego Maradona não chegou a um acordo com a Associação de Futebol Argentina (AFA) e está fora do comando da seleção. O treinador tomou a decisão de deixar o cargo, após a decisão do presidente Julio Grondona de demitir alguns de seus auxiliares. As informações são do diário esportivo Olé.

Maradona não conseguiu convencer AFA a renovar com seus auxiliares e deixou a seleção argentina

Nesta segunda-feira, o técnico da albiceleste na Copa do Mundo 2010 se encontrou com Grondona. A reunião foi encerrada após mais de duas horas de conversas. O presidente da AFA não cedeu sobre as suas intenções de não renovar com Alejandro Mancuso e Hector Enrique, auxiliares de Maradona no Mundial da África do Sul.

Com isso, o treinador preferiu abandonar o comando da equipe. De acordo com o Olé, Grondona irá elaborar um comunicado e oficializar a decisão de não manter Maradona ainda nesta terça-feira.

A demora para a reunião da AFA com Maradona já dava sinais de que a relação entre técnico e Grondona não era das melhores. Com intermediários para negociar um encontro pós-Copa, o ex-jogador preferiu ir à Venezuela para visitar Chávez a definir rapidamente seu futuro na seleção.

Através de entrevista na televisão argentina, Maradona pressionou o presidente da federação e comentou que gostaria de continuar no cargo, mas somente se pudesse escolher todos os seus assistentes. “Quero continuar, mas tudo dependerá se ele (Grondona) aceitará os meus termos e o que eu pedir”, disse, em suas primeiras palavras após a eliminação por 4 a 0 para a Alemanha, nas quartas de final da Copa.

A imprensa argentina já especula um novo nome para comandar a seleção. Um dos técnicos com mais chances seria Carlos Bianchi, com passagem vitoriosa pelo Boca Juniors. No entanto, os jornais advertem que o relacionamento ruim com Grondona pode ser decisivo para uma surpresa.

Entre os treinadores cotados também está Alejandro Sabella, atual técnico do Estudiantes de La Plata, clube pelo qual conquistou a Taça Libertadores de 2009. O ex-volante Diego Simeone, que disputou mais de cem partidas pela seleção, e que já treinou grandes clubes locais, como River Plate e San Lorenzo, é outro nome na lista de favoritos.

Sem acordo com AFA, Maradona deixa a seleção argentina, diz jornal

Namorada de Casillas após ganhar fama na Copa-2010, participará de filme na Espanha


Após ter ficado mundialmente famosa durante a Copa do Mundo da África do Sul, a jornalista espanhola Sara Carbonero, namorada do goleiro Iker Casillas, participará de um filme produzido pela Telecinco, emissora de TV na qual Sara já trabalha como repórter.

Segundo o site do jornal espanhol ‘ABC’, o filme, que a princípio terá o título ‘Os Exibicionistas’, será uma comédia na qual dois amigos apostam quem consegue ficar mais famoso e em menos tempo, numa sátira sobre o gênero ‘reality show’.

A Telecinco não confirmou a personagem que Sara Carbonero interpretará, nem sua importância no enredo, mas, de acordo com a informação da ‘ABC’, a noiva de Iker Casillas fará o papel de uma apresentadora de TV.

Criticada por parte da imprensa internacional no início da Copa, após supostamente ter atrapalhado a concentração do goleiro na estreia da Espanha, Sara Carbonero ganhou fama mundial ao ser beijada quando tentava entrevistar o até então namorado, momentos depois do título espanhol.

Namorada de Casillas após ganhar fama na Copa-2010, participará de filme na Espanha

Lyoto Machida confirma no Twitter que sua próxima luta será contra Rampage


Ex-campeões dos meio-pesados, Lyoto e Rampage vão se enfrentar em novembro

Depois de o norte-americano ter indicado o combate na última semana, nesta segunda-feira o brasileiro Lyoto Machida confirmou em sua página no Twitter que sua próxima luta no UFC será contra Quinton ‘Rampage’ Jackson, em um duelo de ex-campeões dos pesos meio-pesados do torneio.

Lyoto Machida confirmou no Twitter que sua próxima luta no UFC será contra Quinton 'Rampage' Jackson

“Minha próxima luta está confirmada e será contra Rampage. A data ainda não está confirmada, mas deve ser no fim do ano”, explicou o brasileiro em sua mensagem.

A luta entre os dois deve acontecer no dia 20 de novembro, possivelmente na edição de número 123 do UFC. Essa data ainda é especulação e o local não foi nem mesmo sondado.

Essa será a primeira luta de Lyoto Machida depois de perder o cinturão dos meio-pesados do UFC em maio deste ano, quando foi derrotado pelo também brasileiro Maurício Shogun. Essa foi sua primeira derrota na carreira.

Na última semana, Rampage tinha publicado no Twitter que já tinha um acordo verbal para seu próximo combate, depois de ter perdido para Rashad Evans no final de maio. Essa confirmação também mostra a mudança de postura de Jackson, que disse, inicialmente, não querer enfrentar Lyoto.

“Eu quero uma luta realmente boa, um combate empolgante. Sem querer ofender o Machida, que é um grande lutador e foi um grande campeão, mas seu estilo não faz uma luta emocionante na maioria das vezes”, disse Rampage na época.

Lyoto Machida confirma no Twitter que sua próxima luta será contra Rampage

Larissa Riquelme é assaltada e ladrões levam famoso celular


Musa da Copa do Mundo 2010 ficou sem documentos durante passeio no Rio de Janeiro

Musa da Copa do Mundo 2010, a paraguaia Larissa Riquelme foi assaltada no início da tarde de domingo (25), no Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal “O Dia”, a gata passeava em Ipanema com a irmã, o namorado e uma amiga quando foi abordada por dois bandidos que levaram celular, documentos, passaporte e câmeras digitais. Os bandidos conseguiram fugir.

Entre os bens levados pelos ladrões está o famoso celular da morena, que ficou mundialmente conhecido depois de ser guardado entre os seios da garota em jogo da Copa 2010.



Larissa Riquelme é assaltada e ladrões levam famoso celular

Mano promete renovação, a seleção vai passar por uma transformação


Logo após a eliminação do Brasil da Copa do Mundo da África do Sul, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira garantiu que pediria ao próximo técnico da seleção brasileira que, já na primeira convocação, levasse atletas que tivessem condições de estar no seu ápice na Copa do Mundo de 2014, em casa. Já falando como novo treinador do selecionado nacional, Mano Menezes garantiu neste domingo que a transição será gradual.

“A seleção vai passar por uma transformação, mas não vai ser com a velocidade que todos imaginam. Você não pode expor uma seleção brasileira, tem que cuidar, tentar tomar o cuidado para fazer isso de forma mais responsável. O presidente (Ricardo Teixeira) deixou absolutamente claro que é isso que a CBF quer, então vamos fazer o que combinamos. Sou extremamente leal à minha palavra. Às vezes não consigo fazer, mas vou tentar fazer exatamente do que combinamos”, explicou o treinador.

Mano dá volta olímpica no Pacaembu e agradece torcida em jogo de despedida do Corinthians

Depois da política do comprometimento, privilegiada sempre por Dunga, Mano Menezes não quer nem ouvir falar do termo “família” para designar um grupo de jogadores. Para ele, a “família” só é lembrada nas vitórias: “Não gosto de falar de família, fica banalizado. Toda hora tem uma família, teve a Família Felipão. Mas só falam de família quando ganha, mas quando perde todo mundo é órfão, a família fica sem pai”.

Sem citar Dunga, o novo técnico da seleção brasileira também prometeu uma relação mais cordial com a imprensa e citou seu histórico com os repórteres setoristas do Corinthians para confirmar sua postura: “Sempre tentei responder a todos, mesmo que a pergunta tivesse boa dose de veneno, porque sei que estou respondendo ao torcedor. Vocês muitas vezes fazem as perguntas que o torcedor querem fazer, então respondo ao torcedor. Mas o importante é sempre passar conscientização ao torcedor”, analisou Mano Menezes, que citou diversas vezes o termo “conscientização” na sua última entrevista coletiva no comando do Corinthians.

Quando perguntado sobre o início de uma “era Mano Menezes” no comando da seleção, o treinador mais uma vez refutou ter seu trabalho rotulado, mas garantiu que privilegiará o talento. “Não gosto de dividir o futebol brasileiro em eras, porque você não pode ganhar sempre. A partir de amanhã vocês começarão a ter uma ideia daquilo que penso, porque sempre que você fala em renovação a dificuldade é maior. Mas eu sei que o talento do futebol brasileiro é aquilo que o povo quer ver”.

Na segunda-feira, provavelmente às 16h, de acordo com o treinador, Mano Menezes se apresenta à CBF e anuncia a primeira convocação no comando da seleção brasileira. Pelo menos três jogadores do Corinthians vivem a expectativa de serem chamados: Dentinho, Bruno César e Roberto Carlos. Mano, porém, garante que não dará privilégios aos seus ex-comandados.

“Não vou falar em convocação de forma antecipada em respeito a tudo aquilo que combinei, mas sempre disse que a escolha é pelo que cada jogador está jogando Se os atletas do Corinthians estiverem no nível da seleção, não vou os prejudicar porque são daqui, assim como não vou convocar só porque são do Corinthians. Não transferiria esse fardo para eles. Seleção não é como time de várzea, que você joga porque é filho do presidente”, comparou o treinador.

Mano promete renovação, a seleção vai passar por uma transformação

Mano Menezes é o novo técnico da Seleção Brasileira


Em coletiva realizada na manhã de hoje, no Parque São Jorge, o técnico Mano Menezes comunicou oficialmente ter aceitado o convite de Ricardo Teixeira, presidente da CBF, para comandar a Seleção Brasileira.

“Eu gostaria de comunicá-los que ontem, por volta de 19h30 ou 20h, recebi um convite oficial da confederação brasileira de futebol para assumir o comando técnico da Seleção Brasileira. Tivemos uma conversa longa, Dr. Ricardo Teixeira e eu, onde ele me expôs aquilo que a CBF tem como ideia para o projeto de 2014. Fiz alguns questionamentos importantes, que entendi que deveriam ser feitos para uma análise um pouco mais longa, que pedi a ele logo depois do encerramento da nossa conversa, para que, com a razão que sempre tento colocar nas minhas decisões, pudesse encaminhar uma opinião oficial a partir de agora para todo o Brasil. E é isso que vim aqui confirmar: eu aceito o convite que o presidente me fez. A partir de agora, o encaminhamento de algumas outras situações, porque vocês vão entender que para mim o fato era absolutamente novo desde a noite de ontem. Então, para todo o Brasil, a partir de agora, digo que oficialmente aceito o convite do presidente Ricardo Teixeira”, declaro Mano Menezes.

Fonte: Site Oficial do Corinthians

Mano Menezes é o novo técnico da Seleção Brasileira

Muricy Ramalho é o novo técnico da seleção brasileira


Acordo é firmado em encontro com Ricardo Teixeira, que diz que ele terá de ser exclusivo da CBF Contrato com o Fluminense tem cláusula de liberação.

O novo técnico da Seleção Brasileira é Muricy Ramalho. O treinador, de 54 anos,  terá a responsabilidade de comandar a renovação da Seleção  para a disputa da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil.

Mauricy tem contrato até o fim do ano com o Fluminense, clube que levou à liderança do Campeonato Brasileiro após a vitória desta quinta-feira, sobre o Cruzeiro. Segundo Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da CBF, Muricy foi convidado, aceitou o cargo, mas ainda irá se reunir com a diretoria tricolor. Em seu contrato com o clube, há uma cláusula que permite rompimento em caso de convite da Seleção. Ricardo Teixeira deixou claro que o treinador terá de ser exclusivo da CBF.

Convite relâmpago na garagem do Maracanã

Muricy recebeu o convite para se reunir com Ricardo   Teixeira através de um intermediário da CBF, na    garagem do Maracanã, pouco depois de meia-noite,  quando o treinador deixava o estádio após a vitória  por 1 a 0 sobre o Cruzeiro. Na entrevista coletiva  após o jogo, Muricy garantiu que nem sequer havia  sido sondado por qualquer pessoa ligada à CBF. Mas  brincou sobre a concorrência com Mano Menezes e  Luiz Felipe Scolari.

– Não dá para contratar os três? Seria ruim para os adversários, hein? Há muitos caras bons, a Seleção Brasileira está bem servida, independentemente de quem assumir.

Todos os treinadores estão em um momento bom na carreira, estão maduros. Isso faz a diferença. Todos têm o gosto pela vitória –  comentou, pouco antes de dizer  que não pensava em outra coisa que não fosse o Fluminense.

Em recente entrevista ao jornal “O Globo”, o treinador disse que sua maior frustração foi não ter participado da Copa do Mundo de 1978. Segundo ele, o sonho só não foi realizado por causa de uma lesão que sofreu nos tempos em que o técnico Coutinho definia o grupo que jogaria na Argentina.

– É uma coisa que me marcou e que eu não esqueço. Era a minha oportunidade, faltava um ano, e com certeza eu iria. Não ia ser titular, porque o titular era o meu ídolo Zico, eu ia ser reserva dele. Já estava bom  – comentou o ex-jogador, que também defendeu o Puebla, do México, entre 1979 e 1985.

Muitas vezes rabugento em entrevistas coletivas, Muricy também se tornou famoso por suas frases. Com o lema “isso aqui é trabalho”, não foram poucas as pérolas até mesmo em momentos de  alegria, como na comemoração do tricampeonato com o São Paulo em 2008

Muricy Ramalho é o novo técnico da seleção brasileira